Nesse post, vou tentar escrever como foi passar 4 pequenos dias nessa cidade simplesmente perfeita, onde tudo funciona. Não é exagero, mas dificilmente vamos encontrar palavras para descrever Estocolmo, é mais que primeiro mundo.

Pegamos um vôo de Paris para Estocolmo com duração de 2 horas mais ou menos. Esses voos são geralmente muito cheios, portanto façam o checkin antes para pegar lugar juntos! Detalhe pegamos um voo muito chique, com a ilustre presença do grande George Clooney (não é mentira).

Fotos da Suécia!!!

Logo que chegamos no aeroporto, pegamos o Arlanda Express, que é um trem muito rápido que vai do aeroporto até o centro da cidade. Apesar de caro, a viajem vale a pena. Você compra o bilhete através de máquinas no próprio aeroporto com cartão de crédito, a notícia boa é que em épocas de férias esse tiver acima de 2 pessoas esse trem tem um esquema de passagens mais baratas UHUL.(o que não foi o caso L). Do aeroporto até o centro de Stocolmo são cerca de 20 minutos e as paisagens são lindas. O trem possui Wifi e é muito confortável que te leva até a estação central. Ao chegar lá encontramos os amigos que nos recepcionaram, também foi na casa deles que ficamos hospedados.

A Estação Central é uma mistura de lojinhas bonitas com um ar arquitetônico antigo, a impressão é que estamos dentro de um filme de época. As lojas são desde doces até roupas, e o que não falta é arrumação e limpeza. Só de caminhar nela já vale a pena o valor do trem.

Quando chegamos antes mesmo de ir para casa dos nossos amigos, a primeira parada foi no Aifur Krog & Bar, um bar Viking, onde exatamente TUDO lá dentro te remete ao passado desse povo bruto. Desde a decoração de mesa, até os trajes dos garçons, passando pelas músicas ao vivo e até mesmo a forma que as pessoas se comportam! O ambiente é extremamente medieval, chega a ser uma vagem no tempo.

Se você gosta de bagunça esse lugar é certeiro! Eita povo animado (mesmo). Comemos um prato típico viking que era frango com cereais e bebemos Hidromel, a bebida dos Vikings. Porém como tudo na Suécia, prepare-se, esse bar é muito caro, mas realmente vale a pena cada minuto lá dentro.



No domingo fomos no Kolmården, um parque zoológico, que fica cerca de 1 hora de Stocolmo. Situado entre montanhas, esse parque é um espetáculo a parte, a princípio parece um zoológico comum, porém a medida que começamos a andar percebemos a imensidão daquele lugar: além de animais muito bem cuidados, você poderá ver apresentações de espetáculos.

No dia que fomos, conferimos 4 atrações com apresentações de focas, aves, elefantes e o mais lindo o de golfinhos! Se você se preparar bem consegue pegar no mesmo dia os 4 shows! E o melhor ainda estava por vir, um safari: é um teleférico onde cabem 8 pessoas por cabine. Nele você passa por cima de florestas e planícies, consegue ver diversos tipos de animais (ursos, leões, filhotes *-*) Gente, vale a pena, as paisagens das montanhas juntas com o mar são de tirar o folego. O passeio dura cerca de 20 minutos e acredito ter sido um ponto muito alto da viajem, esse lugar é muito bonito, vale a pena. Vá de tênis porque o lugar pois é realmente grande sendo um dia bem cansativo! O parque possui lugares para fazer pique nique, portanto fique feliz, pois apesar da entrada não ser barata, você consegue economizar levando lanchinhos e fazendo uma bela farofada hihihihihi!

No mesmo dia, já perto de anoitece, fomos ao famoso Globe, que é um complexo de estádio de futebol, a Arena Tele 2 e ginásio de hockey com restaurantes e lojas.

Nesse local existe um globo, onde existe uma bola-elevador gigante onde entramos nela, e vamos até o ponto mais alto da arena, lá tem uma vista muito top da cidade: desde das áreas com campos até a agitação da cidade. Também é meio carinho para subir. Além desse, Stocolmo possui outros mirantes tão (jajá você vai ler sobre) Dentro desse complexo existe um restaurante famoso na cidade, o O`leary’s é um bar com muito entretenimento, tem pista de golfe, jogos eletrônicos, mesas de baralho, com um cardápio bem recheado! Infelizmente não deu para comer e nem jogar por lá porque o bar estava fechando, mas como para tudo se dá um jeito, fomos numa franquia dele na cidade vizinha Sodertalje e experimentamos os famosos hambúrgueres.

Na segunda foi o passeio de compras, visitamos o cento velho, onde encontramos suvenires, comidas e coisas fofas para decoração. É o bairro ideal para fazer compras. Por lá comemos em um restaurante tailandês o Koh Phangan, um dos pontos altos da viagem.

Com uma decoração maravilhosa, com fonte tipo cachoeira, um belíssimo aquário, luz negra, pisca-pisca, tudo te remete a paz. O restaurante além de ser muito legal, tem ótima comida e um preço bom (ufa) hehehehe.

Depois fizemos um tour andando até o centro novo, foi muito legal ver o antigo e o novo, passar pelas pontes, ver o mar, os navios, a arquitetura simplesmente deslumbrante, as feiras de ruas vendendo tudo e mais um pouco durante essa caminhada. As lojas do centro novo são mais comuns, muitas lojas estilo varejo, de bijuterias e se você gosta de comprar roupas essa é a hora, mas não se entusiasme com o preço. Comprei um saquinho de cerejas deliciosas numa feira de rua e pegamos o metro. Outro ponto: os metros são diferenciados, e as estacoes são um charme só.

De tarde para noite fomos no parque gröna lund, onde teve um show do Lenny Kravit! Esse parque é muito lindo, e apesar de cheio conseguimos nos divertir bastante! Para entrar, você paga uma entrada e as atrações são a parte, fomos numa montanha russa e na casa do terror. hehehehe. O parque possui um deck maravilhosamente bonito que dá para o mar, então a vista e as fotos nem precisa comentar, é tudo muito bem organizado e tudo muito bem planejado, mesmo que você não curta parques, vai sem medo pois não irá se arrepender!

Saindo de lá, andando ao redor do parque você vai se deparar com muitas árvores, pistas para cooper e um lindíssimo lago com patos. As árvores estavam floridas e deixava tudo muito mais lindo. Nesse caminho nos deparamos com o MUSEU DO VASA, como tínhamos pouco tempo não fomos, porém temos conhecidos que foram e disseram que era maravilhoso: Se por fora o museu já impressiona por seu tamanho e beleza, por dentro não fica para trás, mas resumidamente, o Vasa é um barco que foi construído em 1628 e que naufragou logo depois que saiu do porto da Suécia, o barco foi resgatado e fica em exposição no museu.

Além disso, outro ponto que fica próximo ao museu do Vasa é o museu do grupo musical ABBA, esses dispensam apresentação.

Já a noite fomos num restaurante onde servia massas! Pedimos uma pizza e fomos dormir…

No nosso último dia foi cheio de passeios para conhecer a cidade: começamos com um passeio de barco turístico, esse barco tem guia em várias línguas, eu particularmente adorei, pois mostra um pouco da história da Suécia, passando pelas ilhas e canais que formam a cidade, com a arquitetura de prédios e pontes lindas. Observar a cidade funcionando assim é algo fora de série, realmente muito bonito!

Depois fizemos uma caminhada até chegar no mercado municipal, que não é nada fora do comum, só recomendo que vá caso tenha tempo.

Depois fomos ao mirante observar Stocolmo do alto, apesar de ser uma baita subida, a vista é novamente liiiiinda e encantadora… e vai te lembrar aquelas cidades de filme de época. Algumas construções chegam a lembrar hogwarts (Harry Potter) kkkkkkkkkkk.

Depois fomos a torre Kaknätornet, onde você sobe 170 metros de altura e tem uma baita vista de toda a cidade e arredores, além da vista, tem um restaurante mega bacana que tem vidro em 360º te dando uma vista perfeita, ficamos lá até o anoitecer e vimos o sol se por. Lá também tem uma lojinha de souvenires que você passa quando está saindo.

Nosso último passeio, para fechar com chave de ouro, foi visitar o bar de gelo. Apesar de caro, o ingresso dá direito de escolher uma bebida. Desde da mesa, o chão, parede, balcão e até o copo são de gelo e realmente é muito frio. Vá de calca pois eles te darão uma capa para se cobrir, mas eles nem de longe vão te cobrir por inteiro, e você vai passar frio, mas o crime compensa.

À noite, jantamos em casa mesmo, fizemos um churrasco de salsicha com pão deles. No dia seguinte acordamos e fomos direto para o aeroporto.



Dicas apresentadas nesse post:

  1. Saber que lá tudo é caro
  2. Utilizar o metrô para locomoção

Locais citados nesse post:

  1. Restaurante Aifur Krog & Bar
  2. Parque Kolmården
  3. Globe
  4. Arena Tele 2
  5. Restaurante O`leary’s
  6. Restaurante Koh Phangan,
  7. Parque Gröna lund
  8. Museu do ABBA
  9. Museu do Vasa
  10. Torre Kaknätornet

É isso aí galera, caso o seu próximo destino seja a Suécia, mais precisamente Estocolmo, espero ter ajudado, caso esteja procurando um destino, eu recomendo. Quem já foi para Estocolmo e tiver experiências para compartilhar, é só comentar.

Caso tenham alguma dúvida ou curiosidade é só perguntar.

Abraço

Bianca Parolari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *